Make your own free website on Tripod.com
Artigo
Página Principal Fórum Newsletter Pesquisa Artigos Contacto
Mapa do site

Ver ficha correspondente:
   R. dos Condes, 2-20

Publico, 8/10/03

Leilão Simbólico para Lembrar Projecto para Cinema Odéon
Por F.R.
Domingo, 10 de Agosto de 2003

As 697 cadeiras do cinema Odéon estão "à venda", num "leilão virtual e simbólico", lançado por um grupo de cidadãos que se propõe salvar o velho cinema, uma tarefa que só será possível com o apoio financeiro da Câmara de Lisboa, a quem há um ano foi apresentado um projecto, ainda sem resposta.

O cinema Odéon, fechado há seis anos, foi posto à venda pelos seus proprietários, por um preço que então rondava os 2,3 milhões de euros (460 mil contos). Um grupo constituído por Paulo Ferrero, Rui Pereira, Nuno Markl e Pedro Fonseca decidiram elaborar um projecto capaz de recuperar aquela sala de cinema, e transformá-la num polo cultural que atraísse sobretudo as camadas mais jovens à zona das Portas de Santo Antão e Restauradores.

"Recuperar o Odéon para a exibição de cinema, encenação de peças de teatro, recitais e seminários. Converter a cervejaria e a tabacaria anexas em ciber-café e postos de venda de artigos de cinema", foram algumas ideias apresentadas à Câmara de Lisboa em finais de 2001. A programação do cinema ficaria a cargo da associação cultural Zero em Comportamento, mas para a aquisição do imóvel, o grupo Novo Odéon contava sobretudo com o apoio da autarquia e de patrocinadores que conseguissem angariar para o projecto. Face à ausência de resposta da câmara, e para não deixar a ideia cair em saco roto, o grupo Novo Odéon - que deverá transformar-se em associação - decidiu agora colocar simbolicamente à venda na Internet, as cadeiras da plateia e do primeiro e segundo balcão do cinema, a um preço de 2,5 euros cada.

O objectivo é "lutar para que o Odéon não morra como o Éden ou o Monumental, nem entre em coma como o Paris, nem sequer seja reciclado como o Condes, ficando só na memória privilegiada das antigas gerações", afirmam os promotores da ideia, no site www.goecities.com/novo_odeon/odeon.html.

Aí avisam que isto é apenas um primeiro passo: "Depois seguir-se-ão os degraus das escadarias, os vidros das janelinhas, as luzes, tudo, até as pulgas" será posto à venda, a título simbólico.